Home / Dicas / 8 dicas para comprar um celular ou tablet Android

8 dicas para comprar um celular ou tablet Android

Há muito tempo, os aparelhos de telefonia móvel (celulares) já não servem mais apenas para ligar e receber ligações. Nas primeiras evoluções, eram utilizados também para enviar e receber mensagens e se divertir com jogos bastante simples. Agora, os aparelhos estão tão modernos e avançados que podem fazer praticamente tudo, substituindo até mesmo os computadores em alguns casos.

A sensação do momento é o Android, sistema operacional que está dominando os celulares (smartphones) e tablets, o qual permite que os aparelhos tenham inúmeras funções, que atraem os consumidores. Com o Android no seu celular, você pode acessar qualquer site, ler e responder seus e-mails, checar as redes sociais, se manter informado sobre as notícias e a previsão do tempo, assistir a vídeos, jogar games com muito mais recursos, como se realmente estivesse diante de um computador.

android

Uma das maiores vantagens do Android é ser adaptável, ou seja, pode sofrer modificações. Com isso, vários fabricantes diferentes de celulares adotaram o sistema, fazendo com que o consumidor tenha muitas opções de escolha, mesmo quando faz questão de ter um aparelho Android. Além disso, o Android é o sistema operacional do Google, portanto, encontra-se associado a ele, para quem usa o e-mail do Gmail, por exemplo, é a garantia de muito mais praticidade. No entanto, somente no Brasil, existem 386 modelos de celulares disponíveis para venda cujo sistema operacional é o Android. Por esta razão, no momento de efetuar a compra, você pode ficar em dúvida em relação a qual deles adquirir. Para te ajudar nessa tarefa, aqui vão 8 dicas que devem ser levadas em consideração na compra do Android:

 

1. Fique atento a versão do Android

O Android passa por evoluções constantemente, ficando cada vez mais moderno. Se você faz questão de ter o maior número de recursos possíveis, procure um aparelho que ofereça a versão mais atualizada do Android ou, pelo menos, a que mais se aproxime dela. Você poderá baixar mais aplicativos e atualizações no seu celular. Hoje a versão mais recente é a 4.3;

 

2. Preste atenção no tamanho da memória do aparelho

O que também pode variar de um aparelho para o outro com o mesmo sistema é a quantidade de memória que o aparelho oferece.  Se você não tem muita paciência para abrir um aplicativo, por exemplo, opte por um aparelho com uma quantidade maior de memória. Um exemplo: O primeiro uso de memória é aplicativos. Um app exige aproxidamente 50MB em média, então se pretenda colocar 50 apps (é exatamente a quantidade que eu tenho) vai precisar  de no mínimo 2.5GB de memória. Para uso normal de um celular com aplicativos e uso também com fotos, música e vídeos,  imagino que você precisa de pelo menos 8GB de memória;

 

3. Saiba quais são as suas reais necessidades

Não fique preso à escolha do aparelho mais moderno e Android mais avançado se você não tiver essa necessidade. O celular é um objeto destinado ao seu uso pessoal, ou seja, a primeira coisa que você deve levar em consideração é qual será a sua necessidade. Por exemplo, você usará seu celular para o trabalho? Para manter contato com a família e amigos? Como forma de entretenimento? Depois de ter definido isso, você saberá melhor qual o aparelho ideal para você;

 

4. Pense na compra do aparelho como um investimento de médio longo prazo

Economizar é sempre muito bom e todos gostam, mas pense bem em quanto tempo você poderá ficar com o mesmo aparelho celular. Se investir um pouco mais em algo mais moderno e avançado, ou seja, menos defasado, poderá ter ele com você por mais tempo e, a longo prazo, isso pode sim representar uma economia. De nada adianta você pagar alguns reais a menos em um aparelho mais antigo, com um sistema um pouco mais obsoleto e sentir a necessidade de trocá-lo menos de um ano depois! Acabará saindo ainda mais caro, preste atenção;

 

5. Escolha um tamanho de aparelho adequado ao seu dia-a-dia

celulares galaxy

Pense no tamanho e design do celular escolhido, pois você irá carregá-lo por onde for, e este pode ser um critério de desempate quando você ficar em dúvida no momento da compra. Outro detalhe: com qual operadora você deseja trabalhar? Pense nisso antes de adquirir o aparelho, por mais que hoje existam os sistemas de portabilidade para que você troque de operadora depois, é sempre bom evitar passar por este tipo de procedimento, que pode ser um pouco complexo. Existe esta ferramenta super útil que auxilia na comparação dos tamanhos;

 

6. Preste atenção no tipo de processador do aparelho

O que também pode variar de um aparelho para o outro com o mesmo sistema  é a velocidade de operação. Isso pode acontecer porque se o aparelho em si for mais moderno, comportará melhor o Android, e por consequência, terá acessibilidade mais ágil. Compare o tipo de processador e sua velocidade antes de tomar sua decisão;

 

7. Consulte as informçãoes sobre a durabilidade da bateria

A durabilidade da carga da bateria definirá por quanto tempo você vai poder usar o seu celular. A durabilidade da bateria é o que vale, pois sem carga você não vai poder usar o seu celular. Os fabricantes descrevem características técnicas das baterias que são quase impossíveis de se entender, além do que a maneira como você utiliza seu aparelho pode influencia e muito o uso da bateria.  Nossa dica então é que você pesquise melhor os testes de terceiros que já analisaram os celulares com uso normal.

 

8. Pesquise na internet as opiniões de outros usários

Faça uma breve pesquisa no google que você pode encontrar muitas informações relevantes para sua tomada de decisão. Essa dica de pesquisar no google vale também para cada uma  das outras dicas. Pesquisando a opinião de terceiros na internet você pode evitar cair em alguma roubada ou até mesmo encontrar uma ótima recomendação de um aparelho que atende perfeitamente suas necessidades. Eu mesmo já comprei um aparelho sem pesquisar e quando percebi já era tarde :(  Pesquise sempre!

Concluindo, nos dias de hoje, ninguém mais pode ficar sem celular ou tablet, esses objetos parecem estar se tornando uma extensão do nosso próprio corpo! Resumindo, quando for comprar o seu, informe-se antes, compare marcas, modelos e preços. Saiba exatamente o que você quer, o quanto está disposto a gastar para se assegurar de que não será enganado por ninguém. Em meio a tantas opções, é até muito fácil acabar “levando gato por lebre”, por isso, preste muita atenção e faça sua compra com cuidado.

Depois que comprar seu aparelho, não deixe de conferir  esse excelente artigo para encontrar  redes wifi em locais públicos. Caso tenha alguma recomendação ou dicas sobre esse assunto fique a vontade, a caixa de comentários abaixo é toda sua.

Um forte abraço,

Thiago Sanches

Sobre Thiago Sanches

Thiago Sanches é o fundador do Vida Mais Fácil. É um especialista em Apps e Mobile Marketing. Utiliza os dispositivos móveis para Vender e realizar bons Negócios.

2 Commentários

  1. Quando eu fui comprar meu primeiro smartphone, sai de casa pra comprar o Iphone 3 à época. Mas quando me deparei com o Galaxy S2, que era lançamento, foi a amor a primeira vista. Nem precisei de dicas, mas o que me deixou meio tenso com o uso, foi a quantidade de programas duvidosos. Eu passei a usar o Avast pra Android, só que por algum motivo, eu não conseguia atualizar. Um amigo, me indicou o PSafe Android e passei a usar, gostei bastante, mas não abro mão de ser prudente na hora de usar ele.

  2. Oi Thiago,
    Ótimas dicas do que ficar de olho na hora de escolher um celular ou tablet. Uma outra alternativa para economizar é utilizando um cupom de desconto. Através desse auxilio é possível reduzir o custo do celular ou tablet significativamente. Além disso, algumas lojas oferecem enormes descontos, com o Ponto Frio, que conta com cupons de desconto onde é se pode reduzir o valor do aparelho em até R$1.000. Fica a dica para quem quiser conferir: http://www.saveme.com.br/cupom-desconto/pontofriocom

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Rolar para o Topo