Home / Utilitários / Entenda tudo sobre Drones e como eles estão começando a fazer parte da nossa vida

Entenda tudo sobre Drones e como eles estão começando a fazer parte da nossa vida

O drone consiste em um equipamento que possui capacidade de voo. Para cumprir tal intento, os seus movimentos aéreos são manipulados por meio de um controle remoto. Nos últimos anos esses equipamentos estão despertando cada vez mais a atenção das pessoas, uma vez que os drones são fabricados para oferecer resistência a vários tipos de tarefas, inclusive as mais difíceis e também em cenários de difícil passagem e acessibilidade.

Atualmente, os drones são protagonistas na prestação de atividades de cunho militar e de vigilância. Contudo, outras atividades, como cinematografia, fotografia, remoção de materiais com conteúdo tóxico e até resgate podem ser especialidade deles. Tal versatilidade ocorre devido a uma ampla variedade de modelos e tamanhos que esses equipamentos apresentam atualmente, permitindo assim que eles sejam úteis como, inclusive, nova tecnologia de filmagem.

Confira também nosso artigo sobre Wearable Technology (tecnologias vestíveis), e saiba como isso poderá alterar a sua vida em breve.

 

O que é drone

Por serem objetos voadores manipulados à distância, no Brasil os drones são conhecidos pela sigla VANT (Veículo Aéreo Não Tripulado). A origem desses aparelhos vem das atividades militares, pois facilitava o acesso a determinadas zonas de conflito, evitando a exposição de soldados à situação de extremo risco.

As primeiras utilizações dos referidos veículos aéreos não tripulados remetem aos anos 60, mais precisamente por obra da marinha dos Estados Unidos da América. Naquele período, era necessário a utilização de uma tecnologia que não colocasse a vida de soldados em perigo. Porém, foi nas primeiras décadas dos anos 70 que a marinha norte-americana oficializou definitivamente a utilização dessa nova tecnologia voadora.

Em um primeiro momento, os drones possuíam um limitado aparato tecnológico, porém, já em meados da década de 80, esses aparelhos voadores foram cada vez mais adquirindo maior estabilidade, novas funcionalidades e maior capacidade de uso, angariando assim mais popularidade dentro do ambiente militar. Em 1982, por exemplo, eles já eram utilizados como arma militar pela força aérea de Israel no Oriente Médio.

Em resumo, inserido em um contexto militar, por causa da sua capacidade aérea, os drones compreendem uma eficiente maneira de efetuar reconhecimento dos mais variados tipos de terrenos e ambientes.

 

Pra que serve o drone

Entre as várias funcionalidades desses objetos voadores, é possível destacar que atualmente eles não se limitam a realizar apenas ações de ordem militar e estratégica. Os drones podem ser utilizados também na realização de limpeza ambiental, podendo atingir ambientes de difícil acesso para as pessoas, efetuando assim a limpeza e a remoção de produtos dotados de características tóxicas.

Um exemplo dessa capacidade de trabalho são as capturas de imagens dos reatores de Fukushima, no Japão. A captação de tais imagens representava um grave risco para a presença de fotógrafos, sendo assim, os drones realizaram o serviço, informando e registrando a real situação dos reatores.

Além do ramo científico e de energia, quem se beneficia muito com a tecnologia dos drones são as emissoras de televisão, pois eles se mostram eficientes na realização do registro de imagens aéreas, seja de uma multidão, de algum evento esportivo, uma atração artística ou a captação aérea de uma floresta, lago ou rio. Os drones, em tais situações, se mostram ferramentas essenciais para a realização de documentários sobre recursos naturais e vida selvagem.

Outra usabilidade dessa nova tecnologia aérea diz respeito a ações de caráter humanitário. Nesse caso, os drones são importantes aliados na distribuição de alimentos em áreas devastadas pela pobreza ou alguma tragédia natural, como seca, terremoto ou tornados. Em determinadas regiões do continente africano, por exemplo, os drones são ferramentas de extrema utilidade para abastecerem pontos de difícil acesso com remédios e alimentos.

Quando o assunto são fenômenos naturais, os drones também denotam imensa capacidade no quesito de informações meteorológicas. Esse fato ocorre com o exemplo de monitoramento de furacões. Para isso, pesquisadores da Flórida desenvolveram drones que são lançados dentro dos tornados, registrando dessa forma informações preciosas que dizem respeito à velocidade e possíveis mudanças de direção e rota.

É interessante salientar também que, apesar dos drones serem conhecidos por suas características voadoras, eles também podem se mostrar relevantes em atividades submarinas. Sendo assim, na realização de estudos acerca da vida marinha e outros aspectos da vida aquática, existem drones controlados por controle remoto que apresentam uma ampla capacidade de mergulho.

Já no ramo empresarial e do comércio eletrônico, a empresa Google aposta no “Project Wing”, tal projeto irá consistir em drones destinados para efetuar a entrega de produtos. Veja o vídeo abaixo:

Outra empresa gigante do comércio online que já anunciou a adoção dessa tecnologia de entrega por meio de drones é a Amazon, que já aposta em diferentes protótipos de equipamentos que aliam a capacidade de voo com a de entregar encomendas.

 

Os diferentes tipos de drones

Diante de tantas funcionalidades e diferentes tipos de situação, é compreensível que os drones apresentem os mais variados modelos, tamanhos e cores, munidos pelos mais diversos aparatos equipamentos.

Um drone pode possuir o mesmo formato físico de um avião, com asas, a mesma forma de um helicóptero, dotado de hélices, ou possuir um design completamente diferenciado. Tudo vai depender, é claro, do seu propósito e atividade.
Entre os drones de asas fixas, é possível citar o Predator, utilizada para fins militares e bélicos.

Entre os drones desprovidos de asa, vale destacar o drone Cinemax, que faz parte de uma série de modelos utilizados para a realização de filmagens e captação de cenas. Tais drones possuem uma ótima estabilidade, possibilitando assim o registro de imagens sem imperfeições e com o máximo de nitidez.

Já na série de drones com hélice, é possível destacar a presença do Drone Escorpião, fabricado pela SkyDrones, empresa de origem gaúcha e especializada na fabricação e comercialização desses objetos voadores não tripulados.

 

Leis sobre os drones

Apesar de ser uma tecnologia oriunda da década de 60, a utilização de drones atingiu um patamar mais elevado apenas recentemente. Portanto, para tais equipamentos não serem utilizados de forma indevida, existem algumas considerações legislativas a respeito do uso deles.

No Brasil, se tal equipamento for utilizado para lazer, ele é classificado como um aeromodelo. No entanto, se o uso for para fins científicos, militares, policial ou outra atividade de maior complexidade, eles passam a ser considerados VANTs.

Não há regras que impeçam a aquisição de um equipamento desses, porém há regras, entre elas a restrição de utilizá-los em áreas densamente povoadas e com multidões.

Enfim, o fato é que os drones já são uma realidade da tecnologia e o seu uso, de forma responsável, pode trazer inúmeros benefícios para os mais variados campos, seja do conhecimento humano ou da economia.

E você, o que acha dos Drones e como eles podem facilitar – ou não – a nossa vida? Deixe sua opinião nos comentários abaixo.

Até,

Thiago Sanches

Sobre Thiago Sanches

Thiago Sanches é o fundador do Vida Mais Fácil. É um especialista em Apps e Mobile Marketing. Utiliza os dispositivos móveis para Vender e realizar bons Negócios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Rolar para o Topo